Reunião de periódico de 24.05

Na apresentação de periódico de hoje foi apresentado o artigo de Bent Flyvbjerg sobre o método do estudo de caso nas ciências sociais. O artigo representa uma defesa desse método frente à sabedoria convencional, especialmente cética quanto à validade do método em contraste a alternativas baseadas em grandes amostras a partir das quais é possível fazer generalizações.

O artigo desmistifica o estudo de caso e algumas concepções enganosas a seu respeito, como a de que não é possível generalizar a partir de um caso específico e a de que estudos de caso estão mais sujeitos ao viés subjetivo do pesquisador. Na verdade, o estudo de caso é um potencial muito pouco explorado, especialmente na ciência econômica, como uma oportunidade de aprendermos como o mundo real funciona em todas as suas complexidades e contradições. Esse nível avançado de compreensão só pode ser obtido com um exame cuidadoso das minuciosidades da realidade, em contraste com o distanciamento do objeto de estudo proporcionado por métodos quantitativos de grandes amostras.

A discussão ao final da apresentação gerou certa polêmica, pois especialmente no nosso campo de estudo – a economia – ainda há um viés claro em favor do método hipotético-dedutivo, em detrimento de métodos mais qualitativos. Afinal, somos treinados a pensar desta maneira desde cedo na graduação.

Five Misunderstandings about Case Study Research (Bent Flyvbjerg) – Rodrigo Andrade

Rodrigo Andrade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s