Reunião de Conjuntura 15.07.2011

Nessa última sexta-feira do semestre, 15 de Julho,  foi apresentada a reunião de conjuntura “A Crise da Dívida Estadunidense”.

Há 18 dias de 2 de agosto, data na qual caso o Congresso dos Estados Unidos não chegue a um acordo sobre o teto da dívida norte-americana o país será obrigado a declarar moratória (default), a situação está conturbada. A dívida chega a US$14,34 trilhões (97% do PIB).

A discussão, mais do que econômica, é política.  O partido democrata do Presidente Obama deseja aumentar os impostos das camadas mais ricas e cortar despesas de áreas mais tradicionais, como o Exército. Por outro lado, o partido republicado – que é maioria na Câmara dos Representantes – é totalmente contra ao aumento dos impostos e acredita que Obama deve cortar programas sociais.

Há um pouco mais de um ano das eleições presidenciais de 2012, não há perspectiva de acordo na Casa e a possibilidade de default dos títulos tidos como os mais seguros do mundo se aproxima.

A Crise da Dívida Estadunidense – Nicolas Powidayko e Teresa Cavalcanti

Nicolas Powidayko e Teresa Cavalcanti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s