Universidade pública deve ser grátis para quem pode pagar?

Políticas públicas visando a redução da regressividade da educação superior no Brasil foram o foco da apresentação de periódico dessa segunda-feira, dia 14. O petiano Nicolas Powidayko apresentou o artigo “Universidade pública deve ser grátis para quem pode pagar?” de autoria de Eduardo Azevedo e Pablo Salgado, publicado em janeiro na Revista Brasileira de Economia (editado pela Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas [EPGE-FGV]).

A educação superior no Brasil é fortemente regressiva, ou seja, uma pessoa rica possui muito mais chance de se educar do que uma pessoa pobre. Azevedo e Salgado expõem que estabelecer uma taxa de cobrança em função da renda do indivíduo lograria redução na regressividade da educação superior em direção a uma melhor distribuição de renda e menor iniqüidade social.

Apresentador: Nicolas Powidayko

Universidade pública deve ser grátis para quem pode pagar? – Nicolas Powidayko

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s