Debatendo idéias

Dentro das atividades da Semana de Extensão 2012, o PET Economia trouxe à comunidade acadêmica um debate entre dois professores do Departamento de Economia. De um lado, a professora Adriana Amado, doutora pela Universidade de Londres, de posição pós-keynesiana. Do outro, o professor Roberto Ellery, doutor pela Universidade de Brasília, formado na tradição neoclássica.

Reconhecendo que as principais correntes do pensamento econômico possuem uma lógica de funcionamento própria e partem de pressupostos diferentes, a professora Adriana apresentou como a abordagem pós-keynesiana e neoclássica encaram o tripé “tempo”, “incerteza” e “moeda”. Sendo de formação heterodoxa, sua avaliação das atuais políticas governamentais de incentivo à demanda foi positiva, ressaltando a importância delas para a retomada do crescimento neste início de século XXI.

Por outro lado, o professor Ellery deixou bem claro seu descontentamento com a atual política econômica. Considerando o baixo nível de desemprego atual, em patamares historicamente mínimos, ele avaliou como negativa e inflacionária toda ação de incentivo à demanda. Sendo as expectativas dos agentes fator decisivo na formação dos incentivos sua crítica foi incisiva ao Banco Central e aos recentes movimentos na taxa SELIC.

A idéia de certo e errado dentro das Ciências Econômicas é algo difícil de definir. Não por isso a oportunidade foi menos proveitosa. Como grupo, gostaríamos de agradecer a presença destes dois grandes pesquisadores e sua contribuição ao PET Economia.

por Marwil Dávila

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s