Já encheu o tanque do seu carro? A Guerra entre Petrobras e Governo por aumento de preço dos combustíveis.

A reunião de conjuntura desta sexta-feira, dia 25 de janeiro, tratou da relação entre o Governo e a Petrobras para se estabelecer o preço dos combustíveis no mercado nacional.

Desde 2006 o governo tabelou os preços da gasolina para combater a inflação. Para suprir a demanda crescente, a Petrobras foi obrigada a completar sua produção com importações, que tem de vender com prejuízo. Houve redução das alíquotas incidentes sobre a gasolina e diesel para compensar a alta dos preços nas refinarias concedida em junho do ano passado.

Com isso, a Petrobras teve seu primeiro prejuízo em 13 anos no segundo trimestre de 2012 (de R$1,34 bilhão). As ações estão se desvalorizando, de modo que os investidores que compraram ações da Petrobras durante a emissão em 2010 perderam mais de um quarto de seu dinheiro aos preços atuais.

Em decorrência dessa conjuntura, depois de muito tempo sem mexer em suas projeções para o aumento de combustíveis no País, o Banco Central revelou nesta quinta-feira (24 de janeiro) que os preços da gasolina deverão subir em torno de 5% em 2013.

A questão da tarifação dos combustíveis é controversa no mundo inteiro e cada país, ou região, tem uma forma de tratar o problema. Os países da Europa são caracterizados por taxar fortemente a gasolina, buscando alternativas no transporte público e no não motorizado. Já os Estados Unidos da América são, em geral, fortemente contra a super taxação e tentam manter os preços baixos via ganhos de produtividade, concorrência e garantia de fornecimento interno. O Brasil adotou a política do ProÁlcool e vem aumentando a porcentagem de álcool adicionada a gasolina, entre outros incentivos para aumentar o uso de carros movidos a etanol.

Outra questão interessante é a formação dos preços de gasolina, etanol e diesel e a diferença no preço que chega ao distribuidor e o preço na bomba que se manteve estável durante todo o período de 2012. Porém, estes preços apresentam uma tendência forte de alta nos últimos 10 anos, sendo que o diesel e o etanol são os que sofreram mais oscilações no período.

Apresentadores: Regina Couto e Mateus Lima

Já encheu o tanque do seu carro? – Regina Couto e Mateus Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s