Os bitcoins

Na sexta-feira dia 21/06 o tema da conjuntura foram os bitcoins.

Bitcoins são moedas virtuais criadas a partir de um software computacional. Assim, qualquer pessoa pode fazer o download do programa e criar bitcoins no conforto da sua casa.
Este software funciona em um sistema parecido com solução de equações, algoritmos. O software procura resolver estas equações e quando é bem sucedido o usuário recebe uma recompensa pelo seu trabalho. A diferença é que neste caso o usuário não recebe uma remuneração “tradicional” da forma como estamos acostumados, e sim uma moeda virtual:bitcoins. O número total de bitcoins nunca passará de 21 milhões.

Estes bitcoins são então armazenados em carteiras no próprio computador do usuário, que pode então fazer transações com outros indivíduos pela internet.

Os bitcoins não tem um órgão central regulador. Na verdade, não se sabe nem ao certo quem foi o criador desta tecnologia. Em 2008-2009 um indivíduo conhecido pelo pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Nenhum agente até o momento apresentou-se como o verdadeiro criador do software. Na ausência deste organismo central, os próprios usuários são responsáveis pela segurança do sistema. Todas as transações realizadas utilizando bitcoins são armazenadas através de uma rede envolvendo os próprios usuários.

O leitor pode se perguntar sobre o que fazer com estes bitcoins. No momento, existem casas de leilão em que são negociadas estas moedas virtuais. Contudo, o mercado é extremamente volátil. No dia 21/06/2013 (apresentação da conjuntura) o preço de um bitcoin era transacionado em leilões por um pouco mais de U$100,00.

Recentemente, algumas instituições importantes como o Banco Central Europeu lançaram documentos apresentando alguns problemas destas moedas virtuais. Como as transações envolvendo bitcoins são anônimas, é possível utilizar esta moeda para transações ilícitas, como tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Assim, o futuro dos bitcoins é de certa forma incerto. Caso as pessoas confiem em um sistema de geração de moedas virtual, é possível que ele seja bem sucedido, já que não há necessidade de agências como bancos para realizar as transações via internet, o que diminui consideravelmente os custos de transação da moeda. Contudo, até o momento, poucos sites vem aceitando o bitcoin como moeda de pagamento e estima-se que existam no momento 100.000 usuários de bitcoins. De qualquer forma, assim como toda moeda, é preciso esperar pelo futuro de sua aceitação pelos agentes.

Apresentadores: Fernando Couto e Mateus Lima

Criando moeda em casa – Os Bitcoins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s