Questioning Monetarism

Na reunião do dia 7 de abril foi apresentado o artigo Questioning Monetarism, escrito pela autora francesa Suzanne de Brunhoff e publicado no Cambridge Journal of Economics.

A intenção da reunião foi trazer discussões sobre economia monetária que não costumam ser evidenciadas durante as discussões no nível de graduação. Para tal, foram analisadas as grandes controvérsias monetárias na Inglaterra no século XIX, a controvérsia entre papelistas e metalistas no Brasil e a ascensão do monetarismo.

Foram enfatizadas as diferenças entre a ortodoxia e a heterodoxia monetárias, especialmente as divergências sobre a endogeneidade e neutralidade da moeda, de forma a destacar a importância do entesouramento.

Afinal, o artigo foi trabalhado dentro da tradição crítica à ortodoxia. A autora ressalta dificuldades teóricas na definição do dinheiro para os monetaristas, assim como a necessidade de um ecletismo exagerado para fundamentar a crítica à curva de Phillips.

Além disso, ela traz a tona a influência que tais teorias têm sobre uma série de outros autores – principalmente o radicalismo em relação à exogeneidade da moeda – e faz uma revisão histórica sobre a influência do monetarismo sobre o Banco Central francês.

Por fim, a apresentação traz um epílogo sobre as consequências teóricas do monetarismo. Foi ressaltado que boa parte do paradigma novo-keynesiano teve seus princípios influenciados por aquela tradição.

Apresentado por: Carlos Alberto Belchior

Questioning Monetarism – Carlos Alberto Belchior

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s