A hipótese do crescimento rápido

No dia 21 de setembro de 2015, foi apresentado o artigo “A hipótese do crescimento rápido” pela petiana Raphaela Fonseca. O artigo, escrito pelo ex-presidente do BNDES, Antonio Barros de Castro, tenta analisar o crescimento futuro dado ao “potencial represado” dos anos 1980-2003. Para isso, ele divide a história econômica brasileira em dois períodos: 1940-1980 (quando a economia brasileira ia muito bem) e 1980-2003 (quando, segundo o autor, houve-se o represamento de potencial).

O autor também faz uma distinção quanto aos melhoristas e reformistas e suas visões do que fazer para o Brasil voltar a crescer. Ademais, ele sugere um crescimento mediante ocupação de capacidade (as empresas deveriam calcular um ponto ótimo). Também afirma que as abruptas asfixias de demanda são fatores que atrapalham o crescimento. Por fim, o autor faz uma breve comparação do Brasil com a China e sugere uma especialização por produtos no Brasil (já adotado por países desenvolvidos).

A hipótese do crescimento rápido – Raphaela Fonseca

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s