Literatura

Reunião de Literatura – 1.2017

Ignite

SAVE THE DATE!

O PET – Economia convida à todos para participarem do debate acerca do livro “Como Matar a Borboleta-Azul – Uma Crônica da era Dilma” escrito pela economista Monica de Bolle, doutora pela London School of Economics and Political Science e professora da Universidade Johns Hopkins nos Estados Unidos.

A leitura do livro é uma excelente oportunidade para entender o complexo cenário atual da economia brasileira. Monica de Bolle escreve em uma linguagem bastante acessível, permitindo que pessoas que não estejam familiarizadas com o tema consigam entender as origens da crise econômica.

O PET – Economia promoverá um debate a respeito dessa análise no dia 17 de maio, sendo uma ótima oportunidade para que todos os envolvidos aprendam um pouco sobre as principais políticas governamentais que, segundo a autora, colocaram o Brasil nas condições atuais. Ainda, serão expostas críticas e considerações a respeito desse renomado livro através de uma discussão enriquecedora.

O ROTEIRO DE ESTUDOS PODE SER ACESSADO AQUI.

Contamos com a sua presença!

Affirmative Action Around the World – Thomas Sowell (2003)

Na última sexta-feira (09/05), tivemos uma reunião especial. Ao contrário do que geralmente ocorre no grupo, quando o dia é destinado a apresentações sobre a conjuntura, esta última foi sobre um livro que após pouco mais de dez anos de sua publicação tem atraído mais leitores da Universidade de Brasília, sobretudo após os debates, nos conselhos da Universidade, sobre as cotas: a saber, Affirmative Action Around the World — An Empirical Study.

9780300107753

Nesta obra de 2003 da autoria de Thomas Sowell, o foco não é uma discussão sobre a rationale das políticas de ação afirmativa, nem sobre questões morais se as políticas realmente devem existir. Sowell faz uma extensa revisão da literatura existente, focando em análises sobre a eficiência das políticas adotadas em diversos países ao redor do mundo. Assim, a preocupação da obra é com os fatos e dados coletados, sendo portanto um estudo empírico.

O livro é composto por uma introdução onde é apresentado um panorama geral sobre o tema. A última seção faz uma conclusão sobre tudo que foi discutido durante o livro. As seções intermediárias fazem análises sobre as políticas de ação afirmativa em diferentes países: Índia, Malásia, Nigéria, Sri Lanka e Estados Unidos da América.

Sowell observa que as políticas desenvolvidas nestes países não foram tão eficientes quanto se desejava. Na verdade, grupos mais afortunados dentre os desafortunados, na maioria dos casos, conseguiam a maior parte dos benefícios destinados às minorias. Em alguns casos extremos, as políticas geraram forte rancor entre grupos ou etnias distinas que conduziram a conflitos sangrentos. O autor argumenta que, na melhor das hipóteses, tirar de uns e dar para os outros seria um jogo de soma zero. Contudo, devido às grandes ineficiências geradas, é um jogo de soma negativa.

Apresentado por: Fernando Moreira Couto de Lima

Affirmative Action Around the World – Fernando Couto

Reunião de Literatura 17.08.2011

Na reunião de literatura desta quarta-feira, 17 de agosto de 2011, foi apresentada a obra Capitalismo e Liberdade, um clássico libertário do Prêmio Nobel Milton Friedman.

A tese central do livro é que a maior ameaça aos indivíduos de um povo é a concentração de poder. Quanto mais liberdade econômica os indivíduos tiverem, mais liberdade política e liberdades individuais eles terão. Friedman analisa diversas situações de atuação do governo na economia e aponta circunstâncias onde o governo deve e onde ele não deve agir.

A apresentação foi focada nos seis primeiros capítulos, que são o core econômico da obra.

Capitalismo e Liberdade (Friedman) – Nicolas Powidayko

Nicolas Powidayko

Reunião de Literatura 06.04.11 – SuperFreakonomics

O tema foi o livro SuperFreakonomics, escrito pelo Levitt (professor da universidade de Chicago) e Dubner (editor e ex-colaborador do The New York Times). O livro se concentra em problemas do dia a dia que são analisados com um ferramental microeconômico, mas sem qualquer tipo de termo técnico. A linguagem é bem acessível e até engraçada. Só pra ter alguns exemplos, os temas tratados passam por altruísmo, aquecimento global, cadeirinhas de bebês para o banco de trás do carro e se é mais seguro andar bêbado ou dirigir bêbado. Pra quem gosta de microeconomia ou só é curioso, vale a pena ler!

No final da apresentação, deixei uns links bem interessantes de vídeos de palestras e entrevistas de alguns dos “personagens” do livro explicando suas descobertas e invenções (destaque para a a psicóloga (junto com um economista) que conseguiu introduzir dinheiro numa sociedade de macacos e descobriu que eles são racionais!).

Alexandre Sollaci

Superfreakonomics (Levitt) – Alexandre Sollaci

>Reunião de Literatura 20.07

>

O objetivo da Reunião de Literatura é tanto estimular a leitura em geral como apresentar para os ouvintes propostas de leitura agradáveis relacionadas às Ciências Econômicas. Além de um excelente hábito para qualquer um, a leitura é também uma necessidade para os universitários, sendo alguma leitura extracurricular altamente recomendada.

Para a primeira Reunião, a qual seria um teste, foi escolhido um livro que tratasse de um tema econômico com leveza e algum bom humor, mas sem deixar de lado a seriedade. “Worldly Philosophers” de Robert Heilbroner foi o livro escolhido. Nele, o autor trata de histórias pessoais, vidas, teorias e épocas dos grandes pensadores da chamada por ele “Filosofia Profana”, a Economia. 

É um livro agradável e instrutivo. Não por engano recomendado por G.Mankiw como uma boa “leitura de férias”.